2
 
Consiste em um Vulnerability Assessment alinhado com as melhores práticas do mercado (ISO 14.000, ISO 27.000, OHSAS 18.000, ISO 31.000 etc.) que fornece um Heat Map de vulnerabilidades dos sistemas / mecanismos de proteção e relatório sucinto de recomendações feito por especialistas.
 
21
 
Proporciona maior consistência no processo de avaliação da efetividade dos sistemas de proteção baseado no exclusivo sistema de check lists paramétricos e modelagem matemática dinâmica.
 
22

 
Esta análise é composta de 4 fases bem distintas e com entregas bastante específicas.
 
23


 
Fornece 2 opções de análises: Corporate Risk / Best Practices (voltada para empresas) e Insurance (voltada para seguradoras) com opções de módulos de avaliação bastante diversos.