Ex-prefeito e mais 10 pessoas são denunciadas por fraude em repasses de recursos da saúde no Piauí

Denúncia do Ministério Público afirma que o grupo falsificava documentos para ter contas aprovadas sem revisão do Conselho Municipal de Saúde de Uruçuí.


Por Lucas Marreiros, G1 PI

 

Onze pessoas foram denunciadas por fraude em repasses de recursos da saúde no PI (Foto: Reprodução/MP-PI)

Onze pessoas foram denunciadas por fraude em repasses de recursos da saúde no PI (Foto: Reprodução/MP-PI)

O ex-prefeito de Uruçuí Valdir Soares da Costa e mais 10 pessoas foram denunciadas por fraude em repasses de recursos no município. De acordo com o Ministério Público do Piauí (MP-PI), o grupo composto pelo ex-prefeito, dois ex-secretários municipais de saúde, servidores da prefeitura e ex-membros do conselho municipal, falsificou pareceres referentes à verificação contábil do Fundo Municipal de Saúde.

Os pareceres foram encaminhados para o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE) para verificação e, conforme o MP, os denunciados, nos anos de 2010 a 2012, falsificaram documentos públicos e “inseriram ou fizeram inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante”.

O inquérito do MP afirmou que, no ano de 2010, os balancetes de verificação contábil referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março tiveram pareceres desfavoráveis e que os balancetes de janeiro a dezembro de 2011 são todos fraudulentos, porque o conselho não recebeu nenhum deles, mas eles foram enviados para o TCE.

Segundo a denúncia, o grupo falsificava os documentos para induzir o TCE ao erro e ter as contas do município aprovadas, sem a revisão do conselho, que é o responsável por aprovar o gasto com as despesas indicadas pelo executivo municipal e aprovadas pelo legislativo nas leis orçamentárias.

Além do ex-prefeito do município, foram denunciados os ex-secretários Jovelino de Lima e Silva, que teve sua gestão em 2011, e Ângela Cristina Santana Sousa, que foi secretária em 2012, e a suplente dela, Dianna Sousa Carvalho.

Foram denunciados ainda Conceição de Maria Pereira Santana, Sebastiana de Fátima Feitosa Ribeiro, Cristiana Evangelista Silva Sousa, Marana da Silva Lia, Adriane Giroto, todas ex- membros do conselho de saúde do município.

O MP denunciou também dois servidores da prefeitura na época, identificados como Pedro Almeida da Silva e Raimundo Nonato de Lacerda. A denúncia foi entregue à Justiça, que vai analisar e decidir se a recebe ou não.

https://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2018/08/27/ex-prefeito-e-mais-10-pessoas-sao-denunciadas-por-fraude-em-repasses-de-recursos-da-saude-no-piaui.ghtml

Digiqole ad

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: