Renda Fixa global permite ao investidor fugir do “Risco-Brasil”

Resultado de imagem para investidores

Em momentos de grande volatilidade do mercado, investidor que buscar maior diversificação e exposição global consegue trazer novas fontes de resultados para sua carteira

Uma das grandes preocupações dos investidores em épocas de sensibilidade do mercado e da alta volatilidade dos ativos e do câmbio, é como proteger o patrimônio e seus investimentos das possíveis desvalorizações e perda de capital.

Uma das formas de fugir do “Risco-Brasil” é diversificar a carteira de investimentos. E isso pode ser feito através de fundos globais.

É o caso do Global Bond Opportunities, fundo de investimento local que aplica a maior parte de seus recursos no JPM Global Bond Opportunities, domiciliado em Luxemburgo. Dessa forma, o investidor consegue ter acesso a um amplo leque de ativos de renda fixa em mais de 15 setores e 50 países.

Além de ter à sua disposição uma ampla gama de ativos, o investidor conta com a ajuda dos gestores de investimento, que trazem a expertise do mercado para escolher as melhores opções de acordo com o perfil do fundo. No caso do JP Morgan são mais de 280 especialistas em pesquisa ao redor do mundo, que combinam as abordagens “top-down” e “bottom-up” em suas análises, de forma a comparar ativos em diferentes setores para desenvolver alocações flexíveis em renda fixa e buscar resultados diferenciados.

De acordo com a área de Asset Management do J.P. Morgan, o objetivo do portfólio é expandir seu horizonte de investimento para além dos tradicionais setores de renda fixa, ajustando as posições e duration da carteira à medida que as condições de mercado são alteradas. Em outras palavras, o fundo adota uma alocação conservadora em períodos de incerteza e consegue mover suas posições quando encontra oportunidades mais arriscadas, mas com maior potencial de valorização.

Vale lembrar, que o Global Bond Opportunities é um fundo voltado para investidores qualificados, e requer uma aplicação inicial mínima de R$ 25 mil. Não há taxa de performance e a taxa de administração é de 0,90% ao ano.

Digiqole ad

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: